Benção do Santíssimo Sacramento

O Salutáris Hóstia

O salutaris Hostia, Quæ cæli pandis ostium: Bella premunt hostilia, Da robur, fer auxilium. Uni trinoque Domino Sit sempiterna gloria, Qui vitam sine termino Nobis donet in patria. Amen.
Ó Hóstia salutar, porta do céu, divino Sacramento, o inimigo ameaça os nossos dias! Concedei-nos, Senhor, fortaleza e socorro. A Vós, Senhor, glória imortal! E que por Vós a alma fiel goze a vida e a felicidade na pátria sempiterna. Amen.

Acto de Adoração

Meu Senhor e meu Deus, creio que estais verdadeiramente, realmente e substancialmente nessa Hóstia Consagrada, como estais no céu! Creio-o, Senhor, porque Vós o disseste! Humildemente prostrado no abysmo do meu nada e da minha miséria, profundamente Vos adoro e reconheço como meu Deus, Criador, Senhor, Redentor e Juiz. Não só Vos Adoro nessa Divina Hóstia, mas também em todos os Sacrários do mundo, principalmente onde sois menos adorado, manifestando-Vos o meu maior amor e reconhecimento pela vossa existência na Hóstia Consagrada. Tende misericórdia de mim, Senhor, e suportai-me na vossa presença! Senhor, pesa-me do íntimo do coração de Vos haver ofendido tantas vezes e tão vilmente! Arrependo-me sinceramente de Vos haver ultrajado! Quem me dera, Senhor, antes ter morrido, do que Vos haver ofendido! Mas... aqui me tendes a vossos pés, humilhado e contrito. Proponho, auxiliado com vossa graça, nunca, nunca mais pecar! Senhor, sois bom e misericordioso, perdoai-me! E agora, Senhor, vinde a mim. Já que não posso receber-Vos sacramentalmente, ao menos desejo receber-Vos espiritualmente. Vinde, Senhor, e Vos não afasteis nunca mais. Ah! Como é bom viver unido a Vós! Senhor, eu Vos amo; eu Vos adoro!

Hinos em Honra do Santíssimo Sacramento

Adoro Te Devote

Adóro te devóte, latens Déitas, Quae sub his figúris vere látitas: Tibi se cor meum totum súbiicit, Quia te contémplans totum déficit.
Eu Vos adoro com toda minha devoção, ó divindade oculta, que estais realmente presente, sob o véu dessas figuras! Meu coração submete-se inteiramente a Vós; pois, desde que Vos contemplo, sinto-me completamente desfalecer.
Visus, tactus, gustus in te fállitur, Sed audítu solo tuto créditur. Credo, quidquid dixit Dei Fílius: Nil hoc verbo Veritátis vérius.
A vista, o tacto e o paladar não podem perceber-Vos; mas pelo ouvido, podemos crer com segurança. E eu creio tudo quanto diz o Filho de Deus, pois nada há mais verdadeiro do que esta palavra de verdade.
In cruce latébat sola Déitas, At hic latet simul et humánitas; Ambo tamen credens atque cónfitens, Peto quod petívit latro paénitens.
Na Cruz somente a divindade estava oculta; mas aqui até a própria humanidade está oculta; contudo, eu, crendo e confessando as duas, dirijo-Vos a mesma súplica que o ladrão arrependido.
Plagas, sicut Thomas, non intúeor; Deum tamen meum te confíteor. Fac me tibi semper magis crédere, In te spem habére, te dilígere.
Eu não vejo, como Tomé, as vossas Chagas; porém, confesso que sois o meu Deus. Aumentai cada vez mais a minha fé, a minha esperança e o meu amor para convosco.
O memoriále mortis Dómini! Panis vivus, vitam práestans hómini! Praesta meae menti de te vívere. Et te illi semper dulce sápere.
Ó Pão, que nos recordais a morte do Senhor, Pão vivo, que dais a vida ao homem, permiti que minha alma não viva senão de Vós e que em Vós encontre sempre as suas suaves delícias.
Pie pellicáne, Jesu Dómine, Me immúndum munda tuo sánguine. Cuius una stilla salvum fácere Totum mundum quit ab omni scélere.
Ó divino pelicano, Senhor Jesus, lavai as minhas manchas com vosso Sangue, do qual basta uma só gota para apagar todos os pecados do mundo!
Jesu, quem velátum nunc aspício, Oro fiat illud quod tam sítio; Ut te reveláta cernens fácie, Visu sim beátus tuae glóriae. Amen.
Ó Jesus, a quem não vejo agora senão através desses véus, concedei-me o que Vos suplico ardentemente: que, contemplando-Vos face a face, a visão da vossa glória me encha de felicidade. Amen.

Ave Verum Corpus

Ave verum corpus, natum de Maria Virgine, vere passum, immolatum in cruce pro homine cuius latus perforatum fluxit aqua et sanguine: esto nobis praegustatum in mortis examine. O Jesu dulcis, O Jesu pie, O Jesu, fili Mariae. Miserere mei. Amen.
Salve, verdadeiro Corpo nascido da Virgem Maria, verdadeiramente atormentado, imolado na cruz pelos homens, de cujo lado perfurado fluíram água e sangue; sê para nós uma antecipação na provação da morte. Ó Jesus doce, ó Jesus piedoso, ó Jesus, filho de Maria!

Ecce Panis Angelorum

Ecce panis Angelorum, Factus cibus viatorum, Vere panis filiorum, Non mittendus canibus! In figuris praesignatur, Cum Isaac immolatur, Agnus Paschae deputatur, Datur manna patribus.
Eis o Pão dos Anjos que se fez alimento dos homens viadores, verdadeiro pão dos inocentes, que não deve ser dado aos cães! Antigamente foi representado por figuras: imolado com Isaque e significado no cordeiro pascal e no maná do deserto.
Bone pastor, panis vere, Jesu, nostri miserere, Tu nos pasce, nos tuere, Tu nos bona fac videre In terra viventium. Tu qui cuncta scis et vales, Qui nos pascis hic mortales, Tuos ibi commensales, Cohaeredes et sodales Fac sanctorum civium.
Ó bom Pastor, ó Pão verdadeiro, ó Jesus, tende piedade de nós: alimentai-nos, defendei-nos do mal e permiti que gozemos os verdadeiros bens da terra dos vivos. Ó Vós, que tudo conheceis e podeis: ó Vós, que nos alimentais nesta vida mortal, tornai-nos co-herdeiros e companheiros dos habitantes da cidade celestial. Amen.

Parce Domine

V. Parce, Domine, parce populo tuo:
V. Perdoai, Senhor, perdoai ao vosso povo.
R. Ne in aeternum irascaris nobis.
R. Não fiqueis sempre irritado contra nós.

Cor jesu sacratissimum

V. Cor Jesu sacratissimum:
V. Coração sacratíssimo de Jesus:
R. Miserere nobis.
R. Tende misericórdia de nós.

Hino para antes da Benção

Tantum Ergo

Tantum ergo Sacramentum Veneremur cernui: Et antiquum documentum Novo cedat ritui: Præstet fides supplementum Sensuum defectui. Genitori, Genitoque Laus et iubilatio, Salus, honor, virtus quoque Sit et benedictio: Procedenti ab utroque Compar sit laudatio. Amen.
Adoremos, pois, prostrados tão augusto Sacramento: cedam os ritos antigos o lugar ao novo Mystério e que a fé supra a fraqueza dos nossos sentidos. Glória, honra, louvor, poder, acção de graças e bênçãos sejam dadas ao Pai, e ao Filho: e dêem-se iguais louvores Àquele que procede de um e do outro. Amen.
V. Panem de cælo præstitísti eis. (T. P. Aleluia)
V. Vós lhes destes, Senhor, o pão do céu. (T. P. Aleluia)
R. Omne delectaméntum in se habéntem. (T. P. Aleluia)
R. O qual encerra em si toda a doçura. (T. P. Aleluia)
Orémus.
Oremos.
Deus, quid nobis sub Sacraménto mirábili passiónis tuæ memóriam reliquísti: tríbue, quǽsumus, ita nos Córporis et Sánguinis tui sacra mystéria venerári; ut redemptiónis tuæ fructum in nobis júgiter sentiámus: Qui vivis et régnas in sæcula sæculórum.
Ó Deus, que neste admirável Sacramento nos deixastes um memorial da vossa paixão, concedei-nos a graça, Vos suplicamos, de honrarmos por tal modo os sagrados mystérios do vosso Corpo e Sangue que sintamos sempre os frutos da vossa Redenção: Vós, que viveis e reinais em todos os séculos dos séculos.
R. Amen.
R. Amen.

Louvores Dívinos

Benedíctus Deus. Benedíctum Nomen sanctum ejus.
Bendito seja Deus. Bendito o seu Santo Nome.
Benedíctus Jesus Christus, verus Deus et verus homo.
Bendito Jesus Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem.
Benedíctum Nomen Jesu.
Bendito o nome de Jesus.
Benedíctum Cor ejus sacratíssimum.
Bendito o seu Sacratíssimo Coração.
Benedíctus Sanguis ejus pretiosíssimus.
Bendito o seu Preciosíssimo sangue.
Benedíctus Jesus in sanctíssimo altáris Sacraménto.
Bendito Jesus Cristo no Santíssimo Sacramento do altar.
Benedíctus Spíritus Sanctus, Paráclitus.
Bendito o Espírito Santo Paráclito.
Benedícta magna Mater Dei, María sanctíssima.
Bendita Excelsa Mãe de Deus, Maria Santíssima.
Benedicta sancta ejus et immaculáta concéptio.
Bendita a sua Santa e Imaculada Conceição.
Benedícta ejus gloriósa assúmptio.
Bendita a sua Gloriosa Assun-ção.
Benedíctum nomen Maríæ, Vírginis e Matris.
Bendito o nome de Maria, Virgem e Mãe.
Benedíctus sanctus Joseph, ejus castíssimus Sponsus.
Bendito São José, seu Castíssimo Esposo.
Benedíctus Deus em Ángelis ejus, et in Sanctis suis.
Bendito Deus nos seus Anjos e nos seus Santos.

Hinos para depois da Benção

Cristus Vincit

Christus Vincit!
Cristo Vence!
Christus Regnat!
Cristo Reina!
Christus, Cristus Imperat!
Cristo, Cristo Impera!

Graças e Louvores

V. Adoremus in aeternum sanctissimum Sacramentum.
V. Graças e louvores se dêem a todo o momento.

Sl. 116 Que todas as nações louvem o Senhor; que todos os povos O aclamem. Porquanto grandiosa é para connosco a sua misericórdia, e a fidelidade do Senhor permanecerá eternamente.

Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo. Assim como era no princípio, agora e sempre, e por todos os séculos dos séculos.