Saltar para o conteúdo

3.ª Missa

Intróito

Sedulius

Salve, sancta Parens, eníxa puérpera Regem: qui cœlum terrámque regit in sǽcula sæculórum. Ps. 44, 2 Eructávit cor meum verbum bonum: dico ego ópera mea Regi. ℣. Gloria Patri…

Salve, ó Santa Maria, em cujo seio foi gerado o Rei que governa o céu e a terra, em todos os séculos dos séculos. Sl. 44, 2 Meu coração exprimiu uma excelente palavra: Consagro ao Rei as minhas obras! ℣. Glória ao Pai…

Oração

Concéde nos fámulos tuos, quǽsumus, Dómine Deus, perpetua mentis et corporis sanitáte gaudére: et, gloriosa beátæ Maríæ semper Vírginis intercessióne, a præsénti liberári tristitia, et aeterna perfrui lætítia. Per Dóminum nostrum…

Concedei aos vossos servos, Senhor Deus, Vos suplicamos, o gozo da perpétua saúde da alma e do corpo, e que pela gloriosa intercessão da B. Maria, sempre Virgem, sejamos livres das tristezas dos tempos presentes e alcancemos o gozo da eterna alegria. Por nosso Senhor…

Epístola

Ecl. 24, 14-16

Léctio libri Sapiéntiæ.

Lição do Livro da Sabedoria.

Ab inítio et ante sǽcula creáta sum, et usque ad futúrum sǽculum non désinam, et in habitatióne sancta coram ipso ministrávi. Et sic in Sion firmáta sum, et in civitáte sanctificáta simíliter requiévi, et in Jerúsalem potéstas mea. Et radicávi in pópulo honorificáto, et in parte Dei mei heréditas illíus, et in plenitúdine sanctórum deténtio mea.

Fui criada desde o princípio, antes de todos os séculos, e não deixarei de existir até à eternidade. Exerci perante Ele o meu mystério; e deste modo tenho habitação fixa em Sião. Ele deixa-me descansar na cidade santa e tenho poder em Jerusalém. Arraiguei-me em um povo glorioso, da parte do meu Deus e da sua herança, e permaneço na companhia dos santos.

Gradual

Benedícta et venerábilis es, Virgo María: quæ sine tactu pudóris invénia es Mater Salvatóris. ℣. Virgo, Dei Génetrix, quem totus non capit orbis, in tua se clausit víscera factus homo.

Bendita e venerável sois, ó Virgem Maria, que fostes Mãe do Salvador sem que a vossa pureza sofresse a mais leve ofensa. ℣. Ó Virgem, Mãe de Deus, Aquele que nem todo o universo é capaz de conter, esteve encerrado, quando se fez homem, no vosso seio.

Allelúja, allelúja. ℣. Num. 17, 8 Virga Jesse flóruit: Virgo Deum et hóminem génuit: pacem Deus réddidit, in se reconcílians ima summis. Allelúja.

Aleluia, aleluia. ℣. Num. 17, 8 A vara de Jessé floresceu: a Virgem deu à luz do mundo o Homem-Deus: restabeleceu Deus a paz, conciliando na sua pessoa a nossa baixeza com sua suprema grandeza! Aleluia.

Trato

Gaude, María Virgo, cunctas hǽreses sola interemísti. ℣. Quæ Gabriélis Archángeli dictis credidísti. ℣. Dum Virgo Deum et hóminem genuísti: et post partum, Virgo, invioláta permansísti. ℣. Dei Génetrix, intercéde pro nobis.

Regozijai-vos, ó Virgem Maria, pois só vós fostes capaz de destruir todas as heresias. ℣. Acreditastes nas palavras do Arcanjo Gabriel. ℣. Sendo Virgem, gerastes o Homem-Deus; e, depois de haverdes dado à luz, permanecestes Virgem Imaculada. ℣. Intercedei por nós, ó Mãe de Deus!

Evangelho

Lc. 11, 27-28

Sequéntia sancti Evangélii secúndum Lucam.

Continuação do santo Evangelho segundo S. Lucas.

In illo témpore: Loquénte Jesu ad turbas, extóllens vocem quædam múlier de turba, dixit illi: Beátus venter, qui te portávit, et úbera, quæ suxísti. At ille dixit: Quinímmo beáti, qui áudiunt verbum Dei, et custódiunt illud.

Naquele tempo, falando Jesus às turbas, eis que uma mulher, elevando a voz no meio da multidão, Lhe disse: «Bem-aventurado o seio que Vos trouxe; bem-aventurados os peitos que Vos amamentaram». E Jesus respondeu, dizendo: «Bem-aventurados, antes, aqueles que ouvem a palavra de Deus e a cumprem.»

Ofertório

Felix namque es, sacra Virgo María, et omni laude digníssima: quia ex te ortus est sol justítiæ, Christus, Deus noster.

Sois feliz e digna de todos os louvores, ó Santa Virgem Maria, pois de vós nasceu o «sol da justiça», Cristo, Senhor nosso.

Secreta

Tua, Dómine, propitiatióne, et beátæ Maríæ semper Vírginis intercessióne, ad perpétuam atque præséntem hæc oblátio nobis profíciat prosperitátem et pacem. Per Dóminum…

Pela vossa misericórdia, Senhor, e pela intercessão da B. Maria, sempre Virgem, permiti que esta oblação nos assegure agora e sempre a prosperidade e a paz. Por nosso Senhor…

Comúnio

Beáta viscera Maríæ Vírginis, quæ portavérunt ætérni Patris Fílium.

Bem-aventuradas as entranhas da Virgem Maria, que trouxeram encerrado o Filho do Pai Eterno.

Postcomúnio

Sumptis, Dómine, salútis nostræ subsídiis: da, quǽsumus, beátæ Maríæ semper Vírginis patrocíniis nos ubíque prótegi; in cujus veneratióne hæc tuæ obtúlimus majestáti. Per Dóminum…

Havendo nós, Senhor, alcançado o poderoso auxílio da nossa salvação, concedei-nos, Vos imploramos, que sejamos protegidos com o patrocínio da B. Maria, sempre Virgem, em cuja honra oferecemos à vossa majestade este sacrifício. Por nosso Senhor…