Saltar para o conteúdo

Coroa de São Miguel

℣. Deus, in adjutórium meum inténde.

℣. Deus, vinde em nosso auxílio.

℟. Dómine, ad adjuvándum me festína.

℟. Senhor, socorrei-nos e salvai-nos.

℣. Glória Patri, et Fílio, et Spirítui Sancto.

℣. Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo.

℟. Sicut erat in princípio, et nunc, et semper, et in sǽcula sæculórum. Amen.

℟. Assim como era no princípio, agora e sempre, e por todos os séculos dos séculos. Amen.

Pai-Nosso

℣. Pater noster, qui es in cælis: sanctificétur nomen tuum: advéniat regnum tuum: fiat volúntas tua, sicut in cælo, et in terra.

℣. Pai Nosso, que estais nos céus, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso Reino; seja feita a Vossa vontade assim na terra como no Céu.

℟. Panem nostrum quotidiánum da nobis hódie: et dimítte nobis débita nostra, sicut et nos dimíttimus debitóribus nostris. Et ne nos indúcas in tentatiónem. Sed líbera nos a malo.

℟. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; e não nos deixeis cair em tentação; mas livrai-nos do mal.

℟. Amen.

℟. Amen.

Ave Maria

℣. Ave, María, grátia plena, Dóminus tecum; benedícta tu in muliéribus, et benedíctus fructus ventris tui, Jesus.

℣. Ave, Maria, Cheia de graça, o Senhor é convosco; bendita sois Vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus.

℟. Sancta María, Mater Dei, ora pro nobis peccatóribus, nunc, et in hora mortis nostræ.

℟. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte.

℟. Amen.

℟. Amen.

Chorus 1, Salutatio

Per intercessionem Sancti Michaelis et cappellae caelestis Seraphim, Dominus nos dignos efficiat incendi igne caritatis perfectae.

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Serafins, fazei-nos, Senhor, dignos do fogo da perfeita Caridade.

Chorus 2, Salutatio

Per intercessionem Sancti Michaelis et cappellae caelestis Cherubim, Dominus nobis gratiam det relinquere vias malas et continuare in vias perfectionis Christianae.

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Querubins, pedimos Senhor a graça de trilharmos a estrada da perfeição cristã.

Chorus 3, Salutatio

Per intercessionem Sancti Michaelis et cappellae caelestis Thronorum, infundat Dominus in cordibus nostris spiritum sincerum verumque humilitatis.

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Tronos, pedimos Senhor que nos deis o espírito da verdadeira humildade.

Chorus 4, Salutatio

Per intercessionem Sancti Michaelis et cappellae caelestis Dominationum, Dominus nobis gratiam det gubernare sensus et dominare carnem petulantissimam.

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste das Dominações, pedimos ao Senhor nos conceda a graça de dominar nossos sentidos, e de nos corrigir das nossas más paixões.

Chorus 5, Salutatio

Per intercessionem Sancti Michaelis et cappellae caelestis Potestatum, Dominus animas nostras defendat contra tentationes et insidias diaboli.

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste das Potestades, pedimos ao Senhor se digne de proteger nossas almas contra as ciladas e as tentações de satanás e dos demónios.

Chorus 6, Salutatio

Per intercessionem Sancti Michaelis et cappellae caelestis Virtutum, Dominus nos servet a malo et non permittat cadere in tentationem.

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste das Virtudes, pedimos ao Senhor a graça de sermos, vencedores no perigoso combate das tentações.

Chorus 7, Salutatio

Per intercessionem Sancti Michaelis et cappellae caelestis Principatorum, Dominus animas nostras spiritu vero obedientiae impleat.

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Principados, pedimos ao Senhor que nos dê o espírito de uma verdadeira e sincera obediência a Ele.

Chorus 8, Salutatio

Per intercessionem Sancti Michaelis et cappellae caelestisis Archangelorum, Dominus nobis constantiam in fide et operibus bonis det, ut gloriam Paradisi obtineamus.

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste de todos os Arcanjos, pedimos ao Senhor nos conceder o dom da perseverança na Fé e nas boas obras, a fim de que possamos chegar a possuir a glória do Paraíso.

Chorus 9, Salutatio

Per intercessionem Sancti Michaelis et cappellae caelestis Angelorum, Dominus ab eis protegemur in hac vita mortale det et posthac perduci ad gloriam aeternam.

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste de todos os Anjos, pedimos ao Senhor que estes espíritos bem-aventurados nos guardem sempre, e principalmente na hora da nossa morte e nos conduzam à glória do Paraíso.

In Honoro Sancte Michaelis, Pater Noster

Em honra de São Miguel, Pai Nosso

In Honoro Sancte Gabrielis, Pater Noster

Em honra de São Gabriel, Pai Nosso

In Honoro Sancte Raphaelis, Pater Noster

Em honra de São Rafael, Pai Nosso

In Honoro Angelis Custos meas, Pater Noster

Em honra de meu Anjo da Guarda, Pai Nosso

Ant. O Princeps Gloriose sancte Michael, Dux et praeposite caelestium exercituum, Custos animarum, Domitor spirituum rebellum, Serve in domu Regis Divini, et conductor mirabilis noster, Qui cum excellentia et virtute caelesti fulges, Liberare nos a malo digeneris, Qui ad te tornamus cum confidentiae, et propitio praesidio tuo da nobis Deum magis fideliter quotidie servire.

Ant. Glorioso São Miguel, chefe e príncipe dos exércitos celestes, fiel guardião das almas, vencedor dos espíritos rebeldes, amado da casa de Deus, nosso admirável guia depois de Cristo; vós, cuja excelência e virtudes são eminentíssimas, dignai-vos livrar-nos de todos os males, a nós todos que recorremos a vós com confiança, e fazei, pela vossa incomparável proteção, que adiantemos, cada dia mais, na fidelidade em servir a Deus.

℣. Ora pro nobis, O Gloriose Sancte Michael, Princeps Ecclesiae Jesus Christi.

℣. Rogai por nós, ó bem-aventurado São Miguel, príncipe da Igreja de Cristo.

℟. Ut digni efficiamur promissionibus Eius.

℟. Para que sejamos dignos das Suas promessas.

Orémus.Oremos.

Omnipotens aeterne Deus, Qui prodigio bonitatis et clemente volens salve omnes homines, gloriosissimum Archangelum Sanctum Michael, Principem Ecclesia Tua constituisti, fac nos dignos, te rogamus, liberari eius praesidio potente ab adversariis cunctis, ne nos vexent, in hora mortis nostrae, sed nos perducti simus ab eo in praesentiam augustam divinae maiestatis tuae. Hoc oremus meritis Jesus Christi, Domini nostri.

Deus, Todo-Poderoso e Eterno, que, por um prodígio de bondade e misericórdia para a salvação dos homens, escolhestes para príncipe de Vossa Igreja o gloriosíssimo Arcanjo São Miguel, tornai-nos dignos, nós Vo-lo pedimos, de sermos preservados de todos os nossos inimigos, a fim de que, na hora da nossa morte, nenhum deles nos possa inquietar, mas que nos seja dado ser introduzidos por ele na presença da Vossa poderosa e Augusta Majestade, pelos merecimentos de Jesus Cristo, nosso Senhor.

Amen

Amém.