Saltar para o conteúdo

1ª Missa

Intróito

Is. 45, 8

Roráte, cœli, désuper, et nubes pluant justum: aperiátur terra, et gérminet Salvatórem. Ps. 84, 2 Benedixísti, Domine, terram tuam: avertísti captivitátem Jacob. ℣. Gloria Patri…

Ó céus, derramai dessas alturas o vosso orvalho: e que as nuvens chovam o Justo! Abra-se a terra e floresça o Salvador! Sl. 84, 2 Abençoastes, Senhor, a vossa terra e acabastes com a escravidão de Jacob. ℣. Glória ao Pai…

Oração

Deus, qui de beátæ Maríæ Vírginis útero Verbum tuum, Angelo nuntiánte, carnem suscípere voluísti: præsta supplícibus tuis; ut, qui vere eam Genetrícem Dei crédimus, ejus apud te intercessiónibus adjuvémur. Per eúndem Dóminum…

Ó Deus, que, segunda a anunciação do Anjo, quisestes que o vosso Verbo assumisse a carne humana no seio da bem-aventurada Virgem Maria, concedei aos vossos suplicantes que os que crêem que Ela é verdadeira Mãe de Deus, sejam amparados na vossa presença com o auxílio das suas preces. Pelo mesmo nosso Senhor…

Epístola

Is. 7, 10-15

Léctio Isaíæ Prophétæ.

Lição do Profeta Isaías.

In diébus illis: Locútus est i Dóminus ad Achaz, dicens: Pete tibi signum a Dómino, Deo tuo, in profúndum inférni, sive in excélsum supra. Et dixit Achaz: Non petam et non tentábo Dóminum. Et dixit: Audíte ergo, domus David: Numquid parum vobis est, moléstos esse homínibus, quia molesti estis et Deo meo? Propter hoc dabit Dóminus ipse vobis signum. Ecce, Virgo concípiet et páriet fílium, et vocábitur nomen ejus Emmánuel. Butýrum et mel cómedet, ut sciat reprobare malum et elígere bonum.

Naqueles dias, falou o Senhor a Acaz e disse-lhe: «Pedi ao Senhor, vosso Deus, um prodígio nas profundezas do inferno ou nas alturas do céu». Acaz respondeu: «Não pedirei tal coisa e não tentarei o Senhor». E Isaías disse: «Escutai, então, casa de David: Porventura vos não basta que fatigueis paciência dos homens, senão que queirais fatigar a do meu Deus? Eis porque o Senhor vos dará um sinal: «Uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e o seu nome será Emanuel: Ele comerá manteiga e mel, para que saiba condenar o mal e escolher o bem».

Gradual

Sl. 23, 7

Tóllite portas, príncipes, vestras: et elevámini, portæ æternáles: et introívit Rex glóriæ. ℣. ibid., 3-4 Quis ascéndet in montem Dómini? aut quis stabit in loco sancto ejus? Innocens mánibus et mundo corde.

Abri inteiramente as vossas frentes, ó portas; abri-vos, ó portas eternas! Então entrará o Rei da glória! ℣. ibid., 3-4 Quem subirá ao monte do Senhor? Quem permanecerá no seu santuário? Aquele que tiver as mãos inocentes e o coração limpo.

Allelúja, allelúja. ℣. Luc. 1, 28 Ave, María, grátia plena; Dóminus tecum: benedícta tu in muliéribus. Allelúja.

Aleluia, aleluia. ℣. Lc. 1, 28 Ave, Maria, cheia de graça: o Senhor é convosco: bendita sois vós entre as mulheres. Aleluia.

Evangelho

Lc. 1, 26-38

Sequéntia sancti Evangélii secúndum Lucam.

Continuação do santo Evangelho segundo S. Lucas.

In illo témpore: Missus est Angelus Gábriël a Deo in civitátem Galilǽæ, cui nomen Názareth, ad Vírginem desponsátam viro, cui nomen erat Joseph, de domo David, et nomen Vírginis María. Et ingréssus Angelus ad eam, dixit: Ave, grátia plena; Dóminus tecum: benedícta tu in muliéribus. Quæ cum audísset, turbáta est in sermóne ejus: et cogitábat, qualis esset ista salutátio. Et ait Angelus ei: Ne tímeas, María, invenísti enim grátiam apud Deum: ecce, concípies in útero et páries fílium, et vocábis nomen ejus Jesum. Hic erit magnus, et Fílius Altíssimi vocábitur, et dabit illi Dóminus Deus sedem David, patris ejus: et regnábit in domo Jacob in ætérnum, et regni ejus non erit finis. Dixit autem María ad Angelum: Quómodo fiet istud, quóniam virum non cognósco? Et respóndens Angelus, dixit ei: Spíritus Sanctus supervéniet in te, et virtus Altíssimi obumbrábit tibi. Ideóque et quod nascétur ex te Sanctum, vocábitur Fílius Dei. Et ecce, Elísabeth, cognáta tua, et ipsa concépit fílium in senectúte sua: et hic mensis sextus est illi, quæ vocátur stérilis: quia non erit impossíbile apud Deum omne verbum. Dixit autem María: Ecce ancílla Dómini, fiat mihi secúndum verbum tuum.

Naquele tempo, foi mandado por Deus o Anjo Gabriel a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma Virgem, desposada com um varão, cujo nome era José, da casa de David; e o nome da Virgem era Maria. Entrando o Anjo onde ela estava, disse: «Eu te saúdo, cheia de graça: o Senhor é contigo: bendita és tu entre todas as mulheres». Ouvindo ela isto, perturbou-se; e pensava na significação desta saudação. Então, disse-lhe o Anjo: «Não temas, Maria, porquanto alcançaste graça diante do Senhor: eis que conceberás no teu seio e darás à luz um Filho; e o seu nome será Jesus. Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo; o Senhor Deus lhe dará o trono de David, seu pai; reinará eternamente na casa de Jacob; e o seu reino não terá fim. Porém, Maria disse ao Anjo: «Como acontecerá isso, se não conheço varão?», O Anjo, respondendo, disse-lhe: «O Espírito Santo descerá sobre ti, e a virtude do Altíssimo te tocará com sua sombra. Por isso o Santo, que nascer de ti, será chamado Filho de Deus. E eis que Isabel, tua parenta, concebeu um filho na sua velhice: este é o sexto mês daquela que é chamada estéril: porque nada é impossível a Deus». Então disse Maria: «Eis aqui a escrava do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra».

Ofertório

Lc. 1, 28 & 42

Ave, María, grátia plena; Dóminus tecum: benedícta tu in muliéribus, et benedíctus fructus ventris tui.

Ave, Maria, cheia de graça: o Senhor é convosco: bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre.

Secreta

In méntibus nostris, quǽsumus, Dómine, veræ fídei sacraménta confírma: ut, qui concéptum de Vírgine Deum verum et hóminem confitémur; per ejus salutíferæ resurrectiónis poténtiam, ad ætérnam mereámur perveníre lætítiam. Per eúndem Dóminum nostrum…

Dignai-Vos confirmar nas nossas almas, Senhor, os mystérios da verdadeira fé, a fim de que nós, que confessamos que Aquele que foi concebido pela Virgem Maria é verdadeiro Deus e Homem, mereçamos alcançar pela virtude da sua salutar ressurreição a felicidade eterna. Por nosso Senhor…

Comúnio

Is. 7, 14

Ecce, Virgo concípiet et páriet fílium: et vocábitur nomen ejus Emmánuel.

Eis que a Virgem conceberá, dará à luz um filho e o seu nome será Emanuel.

Postcomúnio

Grátiam tuam, quǽsumus, Dómine, méntibus nostris infúnde: ut, qui, Angelo nuntiánte, Christi, Fílii tui, incarnatiónem cognóvimus; per passiónem ejus et crucem, ad resurrectiónis glóriam perducámur. Per eúndem Dóminum…

Infundi, Senhor, Vos suplicamos, a vossa graça em nossas almas, para que nós que pela anunciação do Anjo conhecemos a Incarnação do vosso Filho, sejamos conduzidos à glória da ressurreição pela sua Paixão e Cruz. Por nosso Senhor…